Missa da sétima noite da Novena de Pentecostes e festa da Visitação de Nossa Senhora é celebrada por Frei Valdo Nogueira com coroação de Aparecida

coroacaonossasenhoramatriz

A missa da sétima noite da Novena de Pentecostes e da festa da Visitação de Nossa Senhora foi celebrada pelo pároco Frei Valdo Nogueira nesta quarta-feira (31/05/2017) às 19h, terminando com uma bela coroação da imagem de Nossa Senhora Aparecida. A cor litúrgica do dia foi o branco solene das festas, por ocasião da sétima semana do Tempo Pascal.

Confira mais fotos da missa da coroação clicando aqui.  

Depois do comentário inicial, da procissão de entrada, da invocação da Santíssima Trindade, do Ato Penitencial cantado e da oração da coleta, a Primeira Leitura, excerto do capítulo 3 do Livro do Profeta Sofonias, foi proclamada destacando o trecho inaugural "Canta de alegria, cidade de Sião; rejubila, povo de Israel! Alegra-te e exulta de todo o coração, cidade de Jerusalém! O Senhor revogou a sentença contra ti, afastou teus inimigos; o rei de Israel é o Senhor, ele está no meio de ti,
nunca mais temerás o mal. Naquele dia, se dirá a Jerusalém: "Não temas, Sião, não te deixes levar pelo desânimo!".
A seguir foi cantado como Salmo responsorial um trecho do capítulo 12 do Livro do Profeta Isaías com o refrão coletivo "O Santo de Israel é grande entre vós" e a última estrofe "Louvai cantando ao nosso Deus, que fez prodígios e portentos, publicai em toda a terra suas grandes maravilhas! Exultai cantando alegres, habitantes de Sião, porque é grande em vosso meio o Deus Santo de Israel!".
Após o canto de aclamação, o celebrante proclamou o Evangelho do dia (Lucas 1,39-56) enfatizando o trecho final "Maria disse: "A minha alma engrandece o Senhor, e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador, pois, ele viu a pequenez de sua serva, eis que agora as gerações hão de chamar-me de bendita. O Poderoso fez por mim maravilhas e Santo é o seu nome! Seu amor, de geração em geração, chega a todos que o respeitam. Demonstrou o poder de seu braço, dispersou os orgulhosos. Derrubou os poderosos de seus tronos e os humildes exaltou. De bens saciou os famintos despediu, sem nada, os ricos. Acolheu Israel, seu servidor, fiel ao seu amor, como havia prometido aos nossos pais, em favor de Abraão e de seus filhos, para sempre". Maria ficou três meses com Isabel; depois voltou para casa".
Depois da homilia e do Ofertório, Frei Valdo proclamou a Oração Eucarística, foi cantado o Santo, deu-se a consagração, foram rezados o Pai-Nosso, a Oração pela Paz e cantado o Cordeiro, daí veio o momento crucial da distribuição da Sagrada Eucaristia aos fiéis presentes, seguida da oração pós-comunhão, da coroação de Nossa Senhora, dos avisos da comunidade e da bênção final.
"Irmãos: O amor seja sincero. Detestai o mal, apegai-vos ao bem. Que o amor fraterno vos una uns aos outros com terna afeição, prevenindo-vos com atenções recíprocas. Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito, servindo sempre ao Senhor, alegres por causa da esperança, fortes nas tribulações, perseverantes na oração. Socorrei os santos em suas necessidades, persisti na prática da hospitalidade" (Romanos 12,9-13).