Mídia do Vaticano passa por reestruturação e conteúdo é unificado

midia vaticano FotoRV

O Centro Editorial Multimídia do Vaticano foi reestruturado. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, 13, pela Secretaria para a Comunicação da Santa Sé, após o projeto ter sido apresentado ao Conselho de Cardeais, reunido no Vaticano desde segunda-feira, 11. Entre as mudanças está o novo site www.vaticannews.va, que estará disponível nos próximos dias e substituirá os antigos sites informativos da Santa Sé.


Trata-se de uma nova estrutura de unificação do Centro Multimídia, para a produção de conteúdos em áudio, textos, vídeo e gráficos, em vários idiomas. O material será produzido por cerca de 350 unidades entre redatores e técnicos provenientes das 40 redações linguísticas e das nove instituições que compõe a Secretaria para a Comunicação.
Parte-se de um grupo de 70 pessoas divididas em seis seções linguísticas: italiano, português, espanhol, alemão, francês e inglês e em quatro áreas temáticas: Papa, Vaticano, Igreja e Mundo.
E a partir de 10 de janeiro passam a integrar o sistema o L’Osservatore Romano, o Serviço Fotográfico e a Tipografia Vaticana.

Marca unificada- Vatican News torna-se também o novo logotipo que representa grande parte do sistema comunicativo, na intenção de simplificar a imagem e de superar a pulverização das marcas do passado.

Em particular, a partir dos próximos dias, a marca identificará também as redes sociais: Twitter, Facebook e Youtube, para cada uma das redações linguísticas e Instagram, com um perfil comum a todas as línguas.
A nova imagem compreende também a marca Vatican Media, que coincide com tudo aquilo que diz respeito à produção multimídia, independentemente do meio de transmissão: dos documentários até as transmissões radiofônicas e televisivas das cerimônias papais.
A Rádio Vaticano Itália completa o quadro, com difusão em nível nacional disponível em DAB+, digital terrestre e FM, em Roma.

 

(Da redação Canção Nova, com Rádio Vaticano)