Homilia desta segunda-feira 01/01/2018: A nossa salvação começou no ventre de Maria

mãe de deus 5

O ventre de Maria é o lugar da nossa comunhão com Deus, é o lugar de nos resgatarmos

“Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou o seu Filho, nascido de uma mulher” (Gl 4,4).


No primeiro dia do ano, queremos contemplar Jesus, o Filho de Deus que se fez homem e habitou no meio de nós por meio de uma mulher. É maravilhoso ver que o texto bíblico, a Carta aos Gálatas, enfatiza o fato de: o Filho de Deus ter nascido de uma mulher.
Você pode pensar: “Toda criança vai nascer de uma mulher”. Enquanto as culturas antigas dão sempre valor ao lado patriarcal, ao homem, a Bíblia cria uma nova ordem, coloca essa mulher na primazia dos acontecimentos. A humanidade de Jesus viva, presente e encarnada no meio de nós, acontece por meio da Virgem Maria.
É importante entender que, esse menino que nasce de Maria, é o Filho eterno de Deus. Ainda que Jesus esteja encarnado e nós O vejamos apenas na Sua forma humana, na Sua aparência humana, a maneira como Ele se manifesta no meio de nós, Ele é o filho eterno de Deus.
A Igreja coloca no primeiro dia do ano a celebração de Maria, a Mãe de Deus. Muitos podem pensar: “Como Maria vai ser mãe de Deus, se Ele quem criou Maria?”. É verdade. Foi Deus quem A fez, Ela é uma criatura de Deus como nós, porém, foi uma criatura escolhida para que o Filho de Deus nascesse através Dela. Esse é o fato de nós A venerarmos e nos voltarmos para Ela.
Jesus está encarnado no ventre de Maria. Eu vejo Jesus presente no Sacrário, na Hóstia Consagrada, mas, o primeiro Sacrário, a primeira morada de Jesus no meio de nós, foi no ventre de Maria. Aquele ventre nutriu, alimentou, deu vitalidade e vigor à humanidade de Jesus.
Queremos, hoje, contemplar a nova criação, a nova criatura, o homem novo que nasce em Maria. Quando celebramos Maria, a Mãe de Deus, logo no primeiro dia do ano, é justamente para dizer que em Maria todas as coisas são recriadas e feitas. Jesus começou a salvação no ventre de Sua Mãe, ali se instalou o novo Paraíso, o novo Éden, o jardim que Deus criou para que vivêssemos a salvação e a nossa comunhão com Deus.
O ventre de Maria é o lugar da nossa comunhão com Deus, é o lugar de nos resgatarmos, recriarmos e refazermos. Queremos começar esse ano tendo como meta a vida nova.
Todo mundo fala: “Ano novo, vida nova”, mas não tem vida nova se não começarmos em Deus, se não permitirmos que Ele restaure e faça todas as coisas novas em nossa vida. Precisamos nos voltar para Deus, para que Ele restaure todas as coisas.
Maria é a nova criatura, a nova Eva, a nova mulher, a nova humanidade; é o ser humano pleno, redimido. Que Ela nos aponte o caminho do Paraíso, do Éden, o caminho da nova criatura, porque, queremos ser novos a cada dia.
Deus abençoe você!

 

(Padre Roger Araújo, Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova)