Homilia desta quinta-feira 05/01/2018: O mundo precisa se encontrar com Cristo

maxresdefault 3

Precisamos nos encontrar com Cristo, mas esse encontro só vai acontecer quando formos onde Ele mora e permanecermos com Ele.

“Eles disseram: ‘Rabi (que quer dizer: Mestre), onde moras?’ Jesus respondeu: ‘Vinde ver’ Foram pois ver onde ele morava e, nesse dia, permaneceram com ele” (João 1,38-39).


Quando queremos conhecer uma pessoa, precisamos saber onde ela mora. Porque é na casa, é em seu “habitat” que a pessoa vive a intimidade, aquela mais pessoal; é onde ela se fortalece, se anima, e direciona a sua vida.
– “Mestre, onde moras”? Éa perguntar que temos que fazer a Jesus. E, Ele nos responde como respondeu a esses discípulos: “Vinde e vede”. Vamos! É preciso ir, é preciso ver onde Jesus habita.
Os discípulos foram. André, irmão de Simão Pedro, era um desses que estavam ali e foi ver onde Jesus morava e permaneceu com Ele naquele dia.
Pode ser que, alguém vá ver onde você mora, só por curiosidade. Se você quer saber onde Jesus mora só por curiosidade, saiba que isso só alimenta as nossas fantasias. Quando permanecemos com Jesus, Ele preenche a nossa alma e o nosso coração.
Esses discípulos, foram ver onde Jesus morava, permaneceram com Ele aquele dia e não largaram mais d’Ele. Quando André foi ver o Senhor, conhecer a intimidade d’Ele, reconheceu que Ele era o Messias, e foi atrás do seu irmão Simão Pedro, para lhe dizer: “Encontramos o Messias”.
O mundo precisa se encontrar com Cristo, a nossa casa precisa se encontrar com Jesus, mas esse encontro só vai acontecer, quando nós O encontrarmos, quando formos ao encontro d’Ele, formos onde Ele mora e permanecermos com Ele.
É preciso permanecer na presença de Jesus, porque é só estando com Ele que somos transformados. Se nós queremos conhecer Jesus, precisamos ir onde Ele se encontra.
Onde Ele se encontra? Nos Sacrários do mundo inteiro, silencioso está ali, irradiando toda a transformação que o nosso coração precisa. Jesus se encontra em tantos lugares no meio de nós, mas, eu penso que no silêncio recolhido do Sacrário, devotados na oração, o Mestre nos transforma. Somos transformados pela Sua presença, e quando vamos onde Ele se encontra, Ele nos transforma e podemos dizer aos outros da nossa casa, da nossa família, que encontramos Jesus e que Ele transformou a nossa vida.
Deus abençoe você!


(Padre Roger Araújo, Sacerdote da Comunidade Canção Nova, jornalista e colaborador do Portal Canção Nova)